segunda-feira, 18 de julho de 2011

Revista Zakarella Nº2 - Deja Vu


A revista Zakarella logo na página nº1 tem um apontamento de Archie Goodwin e de Frank Frazetta numa mini-estória de apenas uma página. Mini, mas tem a assinatura de um grande artista: Frank Frazetta! Não abundam em Portugal edições com este mítico artista nos créditos! Apenas nas revistas Zakarella e Vampirella surgiram algumas estórias traduzidas para português deste já falecido grande artista.Mais tarde falaremos dele um pouco mais profundamente. A página de topo no blog é dele.
Esta revista possui três estórias, e duas delas têm a assinatura de Esteban Maroto. Este grande artista espanhol apenas tem obra traduzida para português nas revistas Zakarella e Vampirella.
Maroto entrou no mercado norte-americano pela Warren Publishing em 1971, trabalhando para as revistas Eerie, Creepy e Vampirella. Rapidamente se tornou um distinguido artista nesta editora, e quando acabou a sua participação na Warren, trabalhou para a Marvel, e DC Comics, entre outras editoras. Trabalhou em títulos como Zatanna, Savage Sword of Conan ou X-Men Unlimited (Hellfire Club).
Nesta revista estão duas pequenas estórias dentro do género fantástico/terror, sendo a ilustração uma página da estória "Deja Vu". Não são estórias de enorme qualidade, mas dá para perceber que está ali um bom artista! A estória fala de hipnose e reencarnações, maldições e cruzamentos familiares estranhos! A maldição vem de um episódio negro da História dos EUA: as bruxas de Salem!
:)

10 comentários:

Diabba disse...

Só os desenhos são bons, as histórias são sofríveis, e o "lettering" é medonho. (para além de naquela altura não usarem revisores de português, parece-me)
]:-)
enxofre

Bongop disse...

A Diabba tem razão... a adaptação, legendagem e português deixam a desejar... e as estorias são bastante simples, valem sobretudo (algumas) pela excelente arte, embora a impressão muitas vezes também não seja a melhor.
Mas valeu a pena porque trouxe artistas de renome para as páginas de uma revista portuguesa!
:)

Yizard (Dani Sepúlveda Mata) disse...

mucha historia del comic veo, es un buen blog para la nostalgia y el saber de la viñeta

buen blog

saludos

Bongop disse...

Yizard
Obrigado pela visita!
Este é mesmo um blog de nostalgia, mas quem sabe se de repente não acorda um "morto" e passa a ser actual!
;)

Saludos

J.J. Fernández disse...

Un magnífico blog!

Bongop disse...

J.J. Fernández
Gracias!
:)

André Azevedo disse...

Bongop,

Este blog traz-me boas recordações!

O lettering era realmente péssimo assim como a tradução, porque já li o original e a estória está bem escrita, pelos padrões da Warren, claro.

O Estaban Maroto foi editado em Portugal também no nº 85 do Mundo de Aventuras (Série 2) com o 5 X Infinito, em 1975, e na 5º série de O Mosquito nos nº’s 1, 2, 3 e 4 em 1984 com a série Zodíaco (argumentos de Sanchez Abuli)

Já agora: a página que apresentas do Frank Frazzeta foi publicado no Creepy nº 2, em Abril de 1965 e na página do Maroto (Creepy nº 51, argumento do Doug Moench), a cabeça do Uncle Creepy é da autoria do Frazetta.

Continua!

Bongop disse...

André Azevedo
Obrigado pela força e pelas infos!
:)

Ismael Sobrino disse...

É realmente um prazer encontrar este novo blogue sobre un asunto relevante, uma personagem dos quadradinhos de volta à vida! Qem sabe se algum editor irá a ver aqui o retorno da personagem à popularidade.

[Creio que esta historieta de Maroto e Doug Moench também foi publicada no número 5 da revista espanhola Comix Interancional. Um clásico reeditado de Maoroto no 2011, 5 X Infinito, editora Glénat.]

Bongop disse...

Ismael
Já vi que gostaste da Revista Zakarella!
Estamos a lutar por fazer o regresso da Zakarella, mas não é fácil em tempo de crise...
:\